Next pageArchive

"Ela não era como uma pessoa qualquer. Mas a única pessoa capaz de me fazer sorrir loucamente e sem motivos. A única que eu queria sempre ao meu lado, a que eu vou sempre amar. A única que sem ela, nada faz sentido. A única que eu penso e faço planos. A única que eu lembro o dia todo, a única que eu sonhava e me imaginava junto. A única que eu precisava que ficasse comigo, a que eu mais precisei. A única que eu queria que precisasse de mim. A única que eu queria que cumprisse todas as promessas. A única que eu lia as conversas antigas, pensava em toda a dificuldade que passamos (até que duramos muito). E agora, eu escrevo isso e choro. Choro porque acabou; porque não passou de um momento de ilusão. Choro porque todos os planos se desmancharam e eu não pude fazer nada."

- Gabriel Souzza. (via epicedio)

(Source: cartasdepoeta, via principedanamolada)

"Mágoas, ódios, culpas, ressentimentos e traumas precisam ser excluídos de uma vez por todas dos nossos painéis psíquicos, pois, do contrário, convertem-se em verdadeiros fantasmas que nos assombram e impedem nosso ingresso no reino da felicidade, cujas portas se abrem com as chaves do perdão e do amor. Acomodar-se nas experiências infelizes do passado gera estagnação e dor, porquanto somente a vida desfrutada no aqui e agora é capaz de nos propiciar uma vida mais feliz la na frente. Acredito que todos nós precisamos aprender a ”nascer de novo” a cada dia, deixando pra trás o que nos machucou e construindo no novo dia experiências felizes, como se a nossa vida estivesse nascendo naquele momento e nos fosse possível começar tudo de novo, antes que chegasse a ser tarde."

- (via nomor-nevermor)